Design De Cozinha Integrada Com Sala De Jantar No Rio De Janeiro


Uma Cozinha Americana Por 10 X R$ 637


A Villa Medicea La Petraia é uma villa toscana situada pela zona montanhosa de Castello, pela Estrada Petraia nº 40, em Florença. É uma das mais maravilhosas e famosas villas da Família visite meu web site , magnificamente colocada numa posição panorâmica que entende a cidade de Florença. A Villa La Petraia numa luneta de Giusto Utens (1599), Museo di Firenze com'era.


Em 1364 o "palagio" da Petraia pertencia à família Brunelleschi, até que, em 1422, Palla Strozzi o adquiriu e ampliou a propriedade comprando os terrenos circundantes. Florença visibilidade da Villa Medicea La Petraia. A autoria da villa é atribuída tradicionalmente a Bernardo Buontalenti, a despeito de a única certeza documentada seja a presença no estaleiro de Raffaello Pagni.


Visibilidade lateral da Villa Medicea La Petraia com a torre medieval transformada em belvedere. A villa acabou por ter uma atividade predominantemente de residência, em oposição às funções de representação da Villa Medicea di Castello ou às funções relacionadas com a caça das várias villas nas encostas do Monte Albano. visite a próxima página de internet , também, a presença preferencial das plantas úteis em conexão às ornamentais, e a ausência de estátuas e referências.


Depois das bodas do Grão-duque, em 1589, a villa foi concedida à tua consorte, Cristina de Lorena. Da tua intervenção comprovam os afrescos de Bernardino Poccetti, na capela privada, e os afrescos que celebram a Casa de Lorena, obra de Cosimo Daddi. Fanciullo ("Rapaz"), detalhe do ciclo de afrescos de Volterrano.


  • Eletrodomésticos (o acesso da geladeira foi previamente medido)

  • este conteúdo Sóbrios

  • 3/doze (André Nazareth)

  • Cesta de café da manhã

  • Os que escapam da programação



Piano della figurina: fonte e belvedere. Os Lorena remobilaram os ambientes e renovaram as instalações da villa: foi praticada uma sala de jogo, uma sala com uma colecção de aguarelas adquiridas pelo Grão-duque Pedro Leopoldo, em 1785, e foi recompostoo jardim. A Fontana di Fiorenza (Fonte de Florença), de Giambologna, foi transferida do parque de Castello para o jardim de levante da villa, qua ainda actualmente se chama de Piano della figurina, em fonte à escultura da Venere-Fiorenza (Vénus-Florença). Em 1816, o arquitecto Giuseppe Manetti cuidou de alguns trabalhos de restauro e modernização.


O parque romântico à inglesa data de 1829, quando Leopoldo II de Lorena chamou o jardineiro boémio Joseph Frietsch, imediatamente autor do parque da Villa Medicea di Pratolino. Pátio central com divisão da suporte da cobertura. este site saboias a villa se tornou residência de Vítor Emanuel II da Itália e de Rosa Vercellana, tua mulher morganática que muito amou La Petraia.


A villa foi novamente remobilada, dessa vez com uma série de móveis de valor que os saboias tinham "herdado" das Casas Reinantes dos Antigos Estados Italianos após a Unificação Italiana. Chegaram, deste modo, peças de mobiliário, tapetes, quadros e outros ornamentos das Villas e Palácios Reais de Lucca, Modena, Piacenza e de novas villas dos Médici.


Contemporaneamente, no Piano della Figurina foram elaborados dois espectaculares aviários segundo projecto de Ferdinando Lasinio, infelizmente perdidos todavia dos quais restam outras fotografias da época. Visão parcial da Villa Medicea La Petraia. Em 1919 a villa foi doada ao Estado Italiano, o qual a destinou, como algumas villas, à Opera Nazionale Combattenti, os quais venderam a domínio dispersando os mobiliários e decorações, do mesmo jeito próprios terrenos que faziam fração do imenso parque. A referência de Fiorenza, com o bronze de Giambologna no grande, foi desmontada e recolocada no centro do pátio coberto, onde se encontram, actualmente, assim como novas estátuas provenientes da vizinha Villa Medicea di Castello. Descubra Mais Aqui do pátio central.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *